Sobre Sonhos e Liberdade


O apagamento do protagonismo negro foi uma constante no processo que culminou com a canetada em 13 de maio de 1888, oficialmente a data de libertação dos escravizados no Brasil. Um ato de silenciamento, que pôs fim aos projetos de liberdade de uma maioria da população brasileira - acesso à terra, educação, trabalho, direitos civis. Passados mais de 100 anos, a luta pela igualdade e liberdade permanece a mesma.

Ano: 2020

Formato: Full HD

Duração: 70 min.


Equipe Técnica:

Direc?a?o e Roteiro  - Marcia Paraiso e Francisco Colombo

Produção Executiva ? Antonio Costa Valente, Helio Levcovitz e Ralf Tambke

Diretor de Produção  - Antonio Costa Valente e Marcia Paraiso

Fotografia - Ralf Tambke

Montagem - Marco Miranda e Glauco Broering

Produtora  - Plural Filmes / Filmografo (PT)

[retorno]